sábado, 18 de outubro de 2008

Caminhante

Por Augusto Cury

Sou apenas um caminhante
Que perdeu o medo de ser perder
Estou seguro de que sou imperfeito
Podem me chamar de louco
Podem zombar das minhas idéias
Não importa!
O que importa é que sou um caminhante
Que vende sonhos para os passantes
Não tenho bússola nem agenda
Não tenho nada, mas tenho tudo
Sou apenas um caminhante
À procura de mim mesmo.