quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Amor

"Só o amor pode nos socorrer de nossas misérias. Só ele pode nos alcançar no fosso de nossas vergonhas. O que me redime é o amor que amo, porque nele Deus me encontra com seu poder de complementos". (Fàbio de Melo)

Espalhando sementes de paz

por Max Lucado

“Semeai para vós em justiça, ceifai segundo a misericórdia; lavrai o campo de lavoura”
Oséias 10.12.

Quer ver um milagre? Plante uma palavra de amor profundo na vida de uma pessoa. Cultive-a com um sorriso e uma oração, e veja o que acontece.

Um empregado obtém um elogio. Uma esposa recebe um buquê. Um bolo é assado e levado ao vizinho. Uma viúva é abraçada. Um frentista do posto de gasolina é honrado. Um pregador é aplaudido.

Espalhar sementes de paz é como semear feijão. Você não sabe por que funciona; sabe apenas que funciona. Sementes são plantadas, e camadas de solo magoado são removidas.
Não esqueça o princípio. Nunca subestime o poder de uma semente.

Extraído do livro “O Aplauso do Céu”

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Salvação

"Pois a essência do pecado é o homem substituindo-se a si mesmo por Deus, ao passo que a essência da salvação é Deus substituindo-se a si mesmo pelo homem". (Jonh Stott)

sábado, 18 de outubro de 2008

Caminhante

Por Augusto Cury

Sou apenas um caminhante
Que perdeu o medo de ser perder
Estou seguro de que sou imperfeito
Podem me chamar de louco
Podem zombar das minhas idéias
Não importa!
O que importa é que sou um caminhante
Que vende sonhos para os passantes
Não tenho bússola nem agenda
Não tenho nada, mas tenho tudo
Sou apenas um caminhante
À procura de mim mesmo.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Pecado


Por MacArthur, Jr

O reconhecimento do pecado pessoal é um elemento necessário para que se compreenda a verdade da salvação. Não se pode vir a Jesus Cristo pedindo salvação tão somente com base em carências psicológicas, ansiedade, falta de paz, sensação de desespero, falta de alegria, ou desejo de ser feliz. A salvação é para aqueles que odeiam seu pecado e desejam dar as costas às coisas desta de vida. É para pessoas que compreendem que têm vivido em rebeldia contra um Deus santo. È para aqueles que querem dar meia volta e viver para a glória de Deus. A salvação não é um mero fenômeno psicológico.

Procure

Procure o que há de bom em tudo e em todos. Não faça dos defeitos uma distância, e sim, uma aproximação. Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver. Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove. Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...Você já tornou alguém feliz hoje? Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo? Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você. Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonhe em fuga. Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela. Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você. Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante. Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo, Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida. Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você. Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.

sábado, 16 de agosto de 2008

A morte não é nada


Por Santo Agostinho

Amorte não é nada.
Apenas passei ao outro mundo.
Eu sou eu. Tu és tu.
O que fomos um para o outro ainda o somos.

Dá-me o nome que sempre me deste.
Fala-me como sempre me falaste.
Não mudes o tom a um triste ou solene.
Continua rindo com aquilo que nos fazia rir juntos.

Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo.
Que o meu nome se pronuncie em casa
como sempre se pronunciou.

Sem nenhuma ênfase, sem rosto de sombra.

A vida continua significando o que significou:
continua sendo o que era.
O cordão de união não se quebrou.
Porque eu estaria for a de teus pensamentos,
apenas porque estou fora de tua vista ?

Não estou longe,
Somente estou do outro lado do caminho.
Já verás, tudo está bem.
Redescobrirás o meu coração,
e nele redescobrirás a ternura mais pura.
Seca tuas lágrimas e se me amas,
não chores mais.

Românticos

Por Vander Lee

Românticos são poucos
Românticos são loucos
Desvairados
Que querem ser o outro
Que pensam que o outro
É o paraíso...

Românticos são lindos
Românticos são limpos
E pirados
Que choram com baladas
Que amam sem vergonha
E sem juízo...

São tipos populares
Que vivem pelos bares
E mesmo certos
Vão pedir perdão
Que passam a noite em claro
Conhecem o gosto raro
De amar sem medo
De outra desilusão...

Romântico
É uma espécie em extinção!
Romântico
É uma espécie em extinção!

Românticos são poucos
Românticos são loucos
Desvairados
Que querem ser o outro
Que pensam que o outro
É o paraíso...

Românticos são lindos
Românticos são limpos
E pirados
Que choram com baladas
Que amam sem vergonha
E sem juízo...

São tipos populares
Que vivem pelos bares
E mesmo certos
Vão pedir perdão
Que passam a noite em claro
Conhecem o gosto raro
De amar sem medo
De outra desilusão...

Romântico
É uma espécie em extinção!
Romântico
É uma espécie em extinção!

Românticos são poucos
Românticos são loucos
Como eu!
Românticos são loucos
Românticos são poucos
Como eu! Como eu!

Somos todos iguais

Por Catedral

Somos todos iguais
Na chegada e na partida
No encontro e despedida
Na jornada pela vida sem saber

Somos todos iguais
Na mentira e na verdade
No amor e na maldade
Parte da humanidade sem saber

Sentimento incomum
Comunhão sem perceber
Somos partes de um só
No sentido de viver
E viver é tão difícil
Se não nos aproximar
Cabe a nós querer mudar
O amor está no ar

Somos todos iguais
Na mentira e na verdade
No amor e na maldade
Parte da humanidade, sem saber
Que a resposta está dentro de nós

domingo, 10 de agosto de 2008

Vir a Ser



Por Fábio de Melo



Eu procuro por mim.
Eu procuro por tudo o que é meu
e que em mim se esconde.
Eu procuro por um saber
que ainda não sei,
mas que de alguma forma já sabe em mim.
Eu sou assim...
processo constante de vir a ser.
O que sou e ainda serei
são verbos que se conjugam
sob áurea de um mistérrio fascinante.
Eu me recebo de Deus e a Ele me devolvo.
Movimento que não termina
porque terminar é o mesmo que deixar de ser.
Eu sou o que sou na medida em que
me permito ser.
E quando não sou é porque o ser eu não
soube escolher.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

A Revelação de um novo rosto de Deus



Por Carlos Mesters e Francisco Orofino

Numa roda de amigos alguém mostrou uma fotografia, onde se via um homem de rosto severo, com o dedo levantado, quase agredindo o público. Todos ficaram com a idéia de se tratar de uma pessoa inflexível, antipática, que não permitia intimidade. Nesse momento, chegou um rapaz, viu a fotografia e exclamou: "É meu pai!" Os outros olharam para ele e, apontando a fotografia, comentaram: "Pai severo, hein!" Ele respondeu: "Não! Não é não! Ele é muito carinhoso. Meu pai é advogado. Aquela fotografia foi tirada no tribunal, na hora em que ele denunciava o crime de um latifundiário que queria despejar uma família pobre que estava morando num terreno baldio da prefeitura há vários anos! Meu pai ganhou a causa. Os pobres não foram despejados!" Todos olharam de novo e disseram: "Que fotografia simpática!" Como por um milagre, ela se iluminou e tomou um outro aspecto. Aquele rosto tão severo adquiriu os traços de uma grande ternura! As palavras do filho, mudaram tudo, sem mudar nada! As palavras e gestos de Jesus, nascidas da sua experiência de filho, sem mudar uma letra ou vírgula sequer, mudaram o sentido do Primeiro Testamento (Mt 5,17-18). O Deus, que parecia tão distante e severo, a ponto de o povo não ter mais coragem de pronunciar o seu Nome, adquiriu os traços de um Pai bondoso de grande ternura! O mesmo acontece hoje nas Comunidades Eclesiais de Base. A experiência humanizadora da convivência comunitária e da luta em prol da justiça e da fraternidade gera uma nova experiência de Deus e da vida que se transmite através da participação das pessoas nos Círculos Bíblicos e encontros comunitários e lhes comunica um critério novo de interpretação. Aqui está a fonte escondida e geradora do processo da leitura popular da Bíblia na América Latina.

Carlos Mesters e Francisco Orofino. Sobre a Leitura Popular da Bíblia (III). Em: www.adital.com.br.

Sobre Deus



Por Rubem Alves

Alguém disse que gosta das coisas que escrevo, mas não gosta do que penso sobre Deus. Não se aflijam. Nossos pensamentos sobre Deus não fazem a menor diferença. Nós nos afligimos com o que os outros pensam sobre nós. Pois que lhes digo que Deus não dá a mínima. Ele é como uma fonte de água cristalina. Através dos séculos os homens tem sujado essa fonte com seus malcheirosos excrementos intelectuais. Disseram que ele tem uma câmara de torturas chamada inferno onde coloca aqueles que lhe desobedecem, por toda a eternidade, e ri de felicidade contemplando o sofrimento sem remédio dos infelizes.

Disseram que ele tem prazer em ver o sofrimento dos homens, tanto assim que os homens, com medo, fazem as mais absurdas promessas de sofrimento e autoflagelação para obter o seu favor. Disseram que ele se compraz em ouvir repetições sem fim de rezas, como se ele tivesse memória fraca e a reza precisasse ser repetida constantemente para que ele não se esqueça. Em nome de Deus os que se julgavam possuidores das idéias certas fizeram morrer nas fogueiras milhares de pessoas.

Mas a fonte de água cristalina ignora as indignidades que os homens lhe fizeram. Continua a jorrar água cristalina, indiferente àquilo que os homens pensam dela. Você conhece a estória do galo que cantava para fazer nascer o sol? Pois havia um galo que julgava que o sol nascia porque ele cantava. Toda madrugada batia as asas e proclamava para todas as aves do galinheiro: “Vou cantar para fazer o sol nascer”. Ato contínuo subia no poleiro, cantava e ficava esperando. Aí o sol nascia. E ele então, orgulhos, disse: “Eu não disse?”. Aconteceu, entretanto, que num belo dia o galo dormiu demais, perdeu a hora. E quando ele acordou com as risadas das aves, o sol estava brilhando no céu. Foi então que ele aprendeu que o sol nascia de qualquer forma, quer ele cantasse, que não cantasse. A partir desse dia ele começou a dormir em paz, livre da terrível responsabilidade de fazer o sol nascer.

Pois é assim com Deus. Pelo menos é assim que Jesus o descreve. Deus faz o sol nascer sobre maus e bons, e a sua chuva descer sobre justos e injustos. Assim não fiquem aflitos com minhas idéias. Se eu canto não é para fazer nascer o sol. É porque sei que o sol vai nascer independentemente do meu canto. E nem se preocupem com suas idéias . Nossas idéias sobre Deus não fazem a mínima diferença para Ele. Fazem, sim, diferença para nós. Pessoas que tem idéias terríveis sobre Deus não conseguem dormir direito, são mais suscetíveis de ter infartos e são intolerantes. Pessoas que têm idéias mansas sobre Deus dormem melhor, o coração bate tranqüilo e são tolerantes.

Fui ver o mar. Gosto do mar quando a praia está vazia da perturbação humana, Nas tardes, de manhã cedo. A areia lisa, as ondas que quebram sem parar, a espuma, o horizonte sem fim. Que grande mistério é o mar! Que cenários fantásticos estão no seu fundo, longe dos olhos! Para sempre incognoscível! Pense no mar como uma metáfora de Deus. Se tiver dificuldades leia a Cecília Meirales, Mar Absoluto. Faz tempo que, para pensar sobre Deus, eu não leio teólogos; leio os poetas. Pense em Deus como um oceano de vida e bondade que nos cerca. Romain Rolland descrevia seu sentimento religioso como um “sentimento religioso”. Mas o mar, cheio de vida, é incontrolável. Algumas pessoas têm a ilusão que é possível engarrafar Deus. Quem tem Deus engarrafado tem o poder. Como na estória de Aladim e a lâmpada mágica. Nesse Deus eu não acredito. Não tenho respeito por um Deus que se deixa engarrafar. Prefiro o mistério do mar... Algumas pessoas não gostam do que penso sobre Deus porque elas deixam de acreditar que suas garrafas religiosas contenham Deus...

domingo, 27 de julho de 2008

Vivendo com o coração


Por Thiago Antunes

"Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas". Eclesiastes 11-9

A juventude é a uma das fases mais emocionantes da existência humana.

Durante essa vivência tantos desafios nos são propostos, tantos questionamentos, projetos e por aí vai.

Se já não bastasse esses dramas, os jovens ainda sofrem o preconceito dos mais velhos, por acharem que os mancebos são inexperientes, e muitas das vezes desacreditados em função da sua pouca idade.

Diante desse quadro seria difícil viver uma alegria plena.

Será isso o motivo porque tantos jovens se perdem nas drogas, violência, pornografia? Acredito que boa parte sim.

Os jovens são criticados e muito pouco compreendidos, cobrados e não inclusos.

O sábio Rei Salomão propõe um caminho para uma juventude.
Qual seria esse caminho?

Ao contrário do que a maioria dos castradores hipócritas, ele diz: "Anda pelos caminhos que satisfazem teu coração". Sinceramente em uma sociedade como a nossa pode parecer loucura tal proposta.

Mas na realidade Salomão desejava que o jovem pudesse acreditar nos seus sonhos, ele sabia que os nossos os questionamentos só podem ser respondidos quando andamos em direção a eles, ou seja, quando andamos de acordo com o nosso coração. É no caminho que nossos sonhos deixam de ser abstratos para ser tornarem palpáveis. O jovem é um sonhador por excelência.

A juventude de hoje precisa caminhar com o coração, não precisa temer a massa cética ou até mesmo os demônios. Precisa acreditar em si mesmo.

A alegria só existe quando estamos de bem com nos mesmos, quando podemos vislumbrar novos horizontes.

É isso que Salomão estava propondo: andar confiadamente, fazendo de cada segundo uma celebração da vida.

Jovens desfrute de sua vida, ande, cante, corra, dance, namore,leia, reflita, coma, beba, chore, ria, disso que é feita nossa existência.

Ser alegre em um mundo que jaz em trevas.

Isso não é utopia. É real.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Sobre poesia


Por Rubem Alves

Quem primeiro percebe são os poetas. Isso se deve ao fato de que os seus olhos são diferentes. Por isso eles vêem as coisas ao revés. Poesia são as coisas vistas ao contrário. Não é coisa de pensamento, é coisa da visão. Quando as pessoas, ao ouvirem um poema, dizem que não entenderam e pedem explicações, é porque elas puseram o poema no lugar errado, no lugar onde moram os pensamentos. Mas um poema não é para ser pensado na cabeça. É para ser vistos com os olhos.
Os poetas, por terem olhos diferentes, vêem também diferente. Vêem o mundo ao contrário.

Rubem Alves, Tranparências da Eternidade, p.25 - Ed. Verus

Deficiências


Por Mário Quintana

“Deficiente” é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
“Louco” é quem não procura ser feliz com o que possui.
“Cego” é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria.
E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
“Surdo” é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
“Mudo” é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
”Paralítico” é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.“Diabético” é quem não consegue ser doce.“Anão” é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois “Miseráveis” são todos que não conseguem falar com Deus.


sábado, 7 de junho de 2008

O Desabafo de João


Por Thiago Antunes

As criticas que me falam não me abalam, pois, os elogios que recebo não me envaidecem, parecem me jogar ao topo, mas, eu conheço esse jogo, mentiras e verdades, purezas e maldades, paz e calamidades.

Ilusão já tive em minha mão, de viver na contramão. Ser o que não sou, sorrir sem emoção,amar sem perdão no vazio da ilusão.
Sei ter fome e frio, às vezes pensando em sumir por estar vazio, necessitando de um ombro amigo que conduza a um caminho.

Tédio!! Foi a vaidade que me usou!! Remédio, pra mim só existe o amor.
Desejo um mundo de paz e sem dor, onde as pessoas se doem sem interessar, sem medo de errar, se ajudando para o mundo a melhorar.

Vivo em busca da verdade, sem medo da maldade construindo uma nova realidade, vencendo minhas vaidades.
Estou cônscio das minhas limitações e isso é minha força, que faz suportar o próximo e que o mundo me ouça.

Sei ser amável e também inimigo, mas procuro ser para o meu próximo um abrigo. Sou manancial para os meus amigos apesar de me sentir um deserto.
Qual esperto que não pode aprender? Qual fraco que não pode ensinar?
Tenho que aprender a amar!!!

Errei muitas vezes, mas, nunca estive sozinho. Chorei mas não desesperei. Pequei contra Deus e a mim mesmo, senti o peso dos meus erros. Mesmo sem entender minhas atitudes meus amigos me aceitaram em toda plenitude.

Mas procuro a verdadeira felicidade num conselho de um amigo, ninguém é feliz sozinho. Ouça o que o amigo diz se é bom um ruim, pode ser o começo ou fim, o topo ou a ruína, palavra boa ou distorcida, de morte ou de vida.



Crises




por Leonardo Boff

Há momentos na vida em que, para subir, se faz mister descer e entrar em crise. E para permanecer o mesmo, precisa-se mudar. Porém, se compreendermos que a crise é o nicho generoso onde se prepara o amanhã melhor e a penumbra que antecede o nascer do sol e aí ficamos firmes, aceitando o desafio e esperando contra toda a esperança, então temos a oportunidade de amadurecer e de dar um salto para dentro de um horizonte mais rico de vida humana e divina.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Mãe presente de Deus


Por Autor Desconhecido

Para completar o homem
Deus a fez mulher
Mas para participar no milagre da vida
Deus a fez mãe

Para liderar uma casa
Deus a fez mulher
Mas para edificar um lar
Deus a fez mãe

Para estudar, trabalhar e competir
Deus a fez mulher
Mas para guiar a criança insegura
Deus a fez mãe

Para os desafios da sociedade
Deus a fez mulher
Mas para o amor, a ternura e o carinho
Deus a fez mãe

Para fazer quaquer trabalho
Deus a fez mulher
Mas para embalar um berço e construir um caráter
Deus a fez mãe

Para ser princesa
Deus a fez mulher
Para ser rainha
Deus a fez mãe

Você é o mais lindo presente de Deus para mim.
Eu quero ser uma dádiva de Deus para você

Mamãe

segunda-feira, 24 de março de 2008

Para que Deus nos chama (Romanos 1:1-7)



Por Thiago Antunes


O Apóstolo Paulo ao escrever aos Romanos principia sua carta realçando e intensificando a urgência que Deus tem para a salvação dos homens, para com o serviço e caráter cristão.
O interessante disso tudo é que o apostolo apresenta um Deus que se importa com os homens e convoca seu povo para o seu grande propósito. Para tal o apóstolo utiliza várias vezes a palavra "chamados".
A palavra "Chamada" no dicionário significa: Ação de chamar; chamamento, chamado; Prolação em voz alta do nome de diferentes pessoas, para verificar se estão presentes; Antigo toque militar, com a finalidade de reunir as tropas; Toque para reunir; Sinal que o revisor põe nas provas para indicar a emenda a fazer; Admoestação censura observação; Puxão.
Será que de fato estamos prontos, presentes, dispostos, animados para se submeter a tua vontade.
Vejamos para que Deus nos chama:


1. Deus nos chama para pertencer a Jesus Cristo v.7

Paulo apresenta o caráter universal de Deus para salvação dos homens. Deus deu o toque de reunir quando enviou o seu filho Jesus para morrer por nossos pecados. Ele estava em Jesus reconciliando a humanidade. O Senhor através de Jesus estava convocando os homens a pertencer uma vida mais abundante. A ter dentro de si a Zoe de Deus. O Senhor estava convidando os homens a serem participantes da sua natureza. Sermos herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo. Nenhum deus em qualquer religião trata os homens de tal maneira. Somente o Deus do cristianismo se portou de tal maneira. Que convite maravilhoso e gracioso. Pois sabemos na nossa própria experiência de vida que somos indignos de tal amor. Portanto, amados de Deus façamos valer o sacrifício de Cristo em nosso favor. Não resistamos o chamado de Deus. Ele está na porta do teu coração lhe convidando a viver uma nova vida. Talvez você esteja andando errante, desesperado, sem sentido, vazio, sem forças. Há esperança para você. Só existe rua sem saída para quem não olha para Jesus. Ouça a voz de Deus no seu coração dizendo: "Eu te amo. Morri por ti. Venha viver uma vida de abundância ao meu lado".


2. Deus nos chama para sermos santos v.8

Quando pertencemos ao Senhor passamos a ser participantes de sua natureza. Isto é começamos a ser semelhantes a Jesus. As nossas emoções, o nosso intelecto e a nossa vontade se submetem ao querer de Deus. Não existe a possibilidade de pertencer a Jesus e continuar o mesmo. Paulo estava incitando os cristãos de Roma a desenvolverem sua salvação. Ele estava mostrando aos cristãos que a caminhada cristã é um longo processo e que precisamos ser transformados dia após dia. Apesar de pertencermos a Jesus precisamos lutar contra os desejos que promovem a inimizade contra Deus. Eis aí um grande desafio. Por isso o apostolo da um "puxão" aos cristãos para não se conformarem com os valores mundanos (sistema anti-Deus). Paulo admoesta aos romanos a se santificarem mais e mais, isto é se tornarem semelhantes ao Senhor Jesus em todas as dimensões de sua existência. Andar como Jesus andou viver como Jesus viveu. Pode parecer impossível, mas não precisa temer, pois a natureza de Deus (Espírito Santo) nos consolará e nos ajudará em todas as coisas. Ser santo é ser alegre, feliz, cheio de amor, paz, longaminidade, esperança, honesto, coerente, justo. É estar disposto a renunciar a si mesmo por amor a Deus e seu reino. Queridos saibam que precisamos ser santos em todo tempo e lugar, e não apenas na igreja.


3. Deus nos chama para servir v.1

Deus tem um ministério para cada um de nós. Paulo foi chamado para ser apóstolo, Filipe evangelista e você já conhece seu chamado? Deus nunca chama pessoas preguiçosas, sujas, ímpias para o seu santo ministério. Quando ele chamou Paulo, este pertencia a Jesus, estava se santificando e submetendo a vontade de Deus. O Senhor te chama para o serviço cristão, Deus conta com você. Mas para tal é necessário andar com Jesus. Isto é precisamos ter intimidade com Deus, coragem, renúncia e dedicação. A humanidade esta carente de servos íntegros e honestos. Pessoas compromissadas com evangelho. Na geração de Paulo Deus pode contar com ele. Será que hoje Deus pode contar com você? Irmãos para servir ao Senhor não se precisa ser especial, ter dinheiro, posição social, etc. Precisa-se de intimidade e santificação. Urge o momento de purificarmos nossos corações e nos prepararmos para guerra. O Senhor esta reunindo suas tropas. Prepare-se. Deus vai te usar.


Conclusão

Queridos estejam atentos com os nossos ouvidos, pois o Senhor têm nos chamado para uma grande obra. Não resistamos ao seu chamado. Mas que possamos nos entregar totalmente ao Senhor e sua vontade. Porque somos feituras de Deus e criados para as boas obras.


Nele que capacita os chamados.

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Oração de São Francisco


Senhor! Fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão .
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado.
Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna!

Pai Nosso


Para quer ter medo. Que bobagem! Você não vê que Deus providência o sustento do passarinho.

Medo, eterno medo. Medo do perder aquilo que parece ser tudo, mas que a pouco serve e sempre atrapalha. Medo de abandonar o casulo e bater asas coloridas. Ansiedade por um tempo que passa e não quer voltar. Ansiedade por dias que fogem entre os dedos da mão cerrada. A ansiedade de conservar um corpo que inexoravelmente envelhece e se apaga.

Desejo de aumentar patrimônios de preocupações. Ilusão de comprar amizade, de impor respeito com o talão de cheque. Planos de condicionar os outros e que enfim nos acorrentam como escravos.

A alegria está aí na palma da mão, de graça, simples e brilhante como o orvalho que cobre qualquer folha. Fácil de ser nossa como fragrância de uma rosa. Mas como encontrar a paz?

O texto a seguir de Pietro Ubaldi, que me permiti adaptar livremente, ajuda a compreender um pouco da felicidade do passarinho e da paz que o acompanha: “Indestrutível, sempre presente no espaço, no tempo, e além do infinito”.

“Pai, te amo. Mesmo quando tua respiração é dor porque tua dor é amor, mesmo quando tua lei é esforço porque o esforço que tua lei impõe é o caminho de qualquer ascensão humana”.

“Pai, mergulho em tua potência, nela me abandono, nela encontro o alimento que me sustenta”.

“Pai, te procuro no âmago e no infinito, de onde Tu me chamas. Não sei onde Tu estás, mas te encontro a cada passo. Esqueço-te e te ignoro, no entanto, te sinto em cada palpitação. Não sei te individuar, mas gravito em torno de Ti, como gravitam todas as coisas do universo”.

“Como serás Tu, meu Pai, que não sei descrever nem definir, se apenas o reflexo de tuas obras me chega? O homem te busca na ciência, te invoca na dor, te bendiz na alegria. Tu meu Pai, estás no ribombar da tempestade; na carícia do humilde; na explosão atômica; na vitória da vida e do espírito; na alegria e na dor, na vida e na morte. Pai sem limites que tudo abarca, estreita e domina, até mesmo os contrários que guias para o mesmo fim”.

“O ser sobe, de forma em forma, ansioso de te conhecer”.

“Adoro-te, supremo princípio de tudo, em tua vestimenta de matéria, em tua manifestação de energia; no inexaurível renovar-se de formas sempre novas e perfeitas. Te adoro, inesgotável força do universo. Te adoro meu Pai, ilimitado, além de todos os limites da minha compreensão”.

“Nessa adoração me aniquilo e me alimento; quero me fundir a Ti, amor ilimitado”.

“Meu Pai, me faz sentir teu abraço eterno”.


Texto extraído do jornal Super Noticía dia 14/11/2004 coluna opinião.

domingo, 20 de janeiro de 2008


Por Thiago Antunes

Fé uma palavra tão pequena, mas de uma relevância magnífica. Fé é acreditar em Deus como define as Escrituras. Gosto de dizer também que fé (F+e) significa fidelidade a uma esperança. O dicionário da bíblia de Almeida define como: Confiança em Deus e sua Palavra.

A palavra confiança nos remete a pensar sobre relacionamentos. Pelo fato de existir confiança somente quando nos relacionamos e conhecemos o outro no qual depositamos nossa credibilidade. Portanto ter fé e deleitar de uma profunda intimidade com a santa trindade. È desfrutar do aconchego celestial, contemplar o belo e experimentar o eterno.

Com isso fica evidente a impossibilidade de crer em Deus sem se envolver com sua essência. E é este envolvimento que faz com que tenhamos mais esperança, otimismo e amor para com o nosso próximo e a vida. Quando relacionamos com o Eterno, passamos a contemplar as dificuldades, e encarar os desafios com coragem.

A Fé também está intimamente relacionada à obediência ao Senhor. Não basta apenas crer, é necessário obedecer. A obediência é a manifestação de uma fé genuína. Somente quando nos sujeitamos ao Senhor e a sua vontade revelada nas Sagradas Escrituras podemos de fato dizer que cremos em Deus. Mas também acredito que a fé é muito mais que crer, relacionar e obedecer. Fé é amar! È desejar intensamente o objeto de nossa fé, com toda nossa devoção. Amando e se entregando sem medidas.

Que não tenhamos uma fé utilitarista e egoísta que só busca os seus próprios desejos e que apenas existe no ambiente do interesse. Mas que nossa devoção nos torne mais solidários e confiantes. Façamos dessa força que chama fé uma motivação que nos leve a Deus e a servir o nosso próximo com amor. Se apoiando nessa força para superar as adversidades, andar de cabeça erguida, confiando que o amanhã será melhor.

Deus nos abençoe.

domingo, 13 de janeiro de 2008

Vida

"Viver é se aventurar no desconhecido. E fazer de cada momento uma celebração da vida". (Thiago Antunes)

"Se eu soubesse que o mundo terminaria amanhã, hoje eu plantaria um árvore". (Martin Luther King)

" A vida é cheia de altos e baixos. Mas para toda oscilação existe um próposito existêncial". (T. Antunes)

"Na realida, viver como um homem significa escolher um objetivo e dirigir-se para ele com toda a conduta, pois não ordenar a vida a um fim é sinal de uma grande estupidez". (Aristóteles)

"Enquando você dúvida. Deus está operando um milagre na vida daquele que crê". (Desconhecido)


Palavra

"Pregar é fazer com que as Escrituras imprimam sentido e esperança à nossa existência". (Thiago Antunes)

"A ideia que não procura converter-se em palavra é uma má ideia, e a palavra que não procura converter-se em acção é uma má palavra". (Chesterton)


"Pensa como pensam os sábios, mas fala como falam as pessoas simples". (Aristóteles)

"Podemos converter alguém pelo que somos, nunca pelo que dizemos". (H. Rohden)

Maturidade

"Não se cresce em incubadoras. O verdadeiro amadurecimento é gerado em meio aos dramas da vida". (Thiago Antunes)

"Levantar a cabeça e seguir em frente é o melhor remédio para não sofrer a nostalgia da perda". (Thiago Antunes)

"Adulto emocionalmente é aquele que, independentemente da idade, perdeu alguém ou espaço, sem ter-se perdido na perda". (Edmar Jacintho)

Relacionamentos

"Não chore pelos amores perdidos. Mas se regozije pela esperança que o amanhã será melhor". (Thiago Antunes)

"Aprendemos a voar como os pássaros, a nadar como os peixes, mas não aprendemos a simples arte de vivermos juntos como irmãos". (Martin Luther King)

"Só existe mudança pela permanência do diálogo". (Edmar Jacintho)

"Pastorear é dar o melhor de si, no pior do outro". (Antunes)

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Teologia


Teologia revela o homem encolhido pelo medo,
escondido pela culpa,
camuflado pela hipocrisia,
dividido em seus desejos,
extenuado pela violência,
enrolado pela apatia,
engessado pela covardia,
encoberto pela cinza da frustração e recoberto pelos impulsos da perversão. Ora arrastando-se como verme,
ora arrojando-se como bravo,
brigando como selvagem,
bradando como desesperado,
construindo como artista, destruindo como tirano.
Mestre da palavra e herege da intenção,
ardendo como labaredas da verdade e rolando como bagaço da mentira,
acossado pelo vozerío da multidão e vagando pelo deserto de suas lutas solitárias::. (Edmar Jacintho)

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Amar sempre dá certo


por Thiago Antunes

Amar não é apenas sentimento ou motivação interior, mas atitude. O Apostolo João disse: “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito”. Toda pessoa que tem o amor dentro de si se doa. Esta entrega não pode haver reservas, têm que ser plena. Agostinho certa feita disse que a medida do amor é amar sem medida.
Quando amamos encontramos significado e significante para nossas vidas, além de trazer vida e esperança aos que nos cercam.
Por isso ame de forma tremenda e desmedida a Deus que é a fonte de todo o amor ou o próprio. Ame intensamente sua família, seus amigos, sua profissão, seus inimigos, ame, ame, ame...
A receita para viver bem é amar, quem ama não adoece. Quem ama é um vencedor. Quem ama não cava abismos, mas constrói pontes. Quem ama acredita que o amanhã será melhor.
Amar sempre dá certo! É o meio e único caminho para transformação da humanidade...

Os Profetas da modernidade


por Thiago Antunes

Os profetas são aqueles que vêem o que os outros não vêem. Chamaríamos isso de discernimento. Segundo a septuaginta os termos: vavi, ro-ch e hozeh por prophetes que tem o sentido de falar por alguém. O profeta é um homem de Deus por Ele comissionado. É um homem que vê alem dos demais, que tem descortino, que entende, que vem como um arauto de Deus. Tem uma relação de guarda com o povo de Deus, adverte e ensina.

No Antigo Testamento as profecias dos profetas tinham a função de reafirmar os grandes conceitos da aliança, ou seja o profeta olhava para o futuro.

Já os profetas neo-testamentários eram a voz de Deus naquele momento. Temos a Bíblia como a voz de Deus hoje. O profeta deve saber interpretá-la e deve saber comunica-la. Nunca ultrapassa-la ou complementa-la. No Novo Testamento o profeta era mais um edificador da igreja do que um descobridor do futuro.

O profeta, verdadeiramente profeta, é um instrutor do povo de Deus dentro da palavra de Deus, ele não se conforma com o pecado estrutural, sabe interpretar os acontecimentos históricos, denúncia, acusa e condena. Vemos isso na pregação dura de Amós contra a exploração econômica por parte de uma elite insensível aos sofrimentos do povo, contra a corrupção e os demandos sociais dessa mesma elite. Além disso é também um consolador conforme Isaías 40:1 - "consolai, consolai o meu povo."

Os profetas nos ensinavam uma vida comunitária e não individualista como muitos vivem hoje, preocupados só consigo mesmo. Para não cairmos no modismo hoje, devemos nos preocupar mais uns com os outros. Ter uma vida social é expressar atitudes corretas, de uma vida limpa em caráter santo.

Os nossos tempos não são tão diferentes como muitos dizem, da época do Antigo Testamento. Portanto ter uma compreensão mais plena da sociabilidade do Antigo e Novo Testamento corrobora para uma consciência de responsabilidade maior de uns para com os outros.

Devemos ter uma vida de retidão, integridade, caráter santo e mostrar que servir Cristo é bem mais que participar de uma confraternização religiosa e reuniões de celebração da fé. Mas sim estar cônscio e conscientizar os membros de nossas igrejas que sejam cristãos em tempo integral, ou seja, em todos os momentos e lugares.

Os profetas do Antigo Testamento centravam-se muito nas questões da vida, na conduta correta diante de Deus e dos homens cf. Miquéias 6:8 - "praticar a justiça, amar a misericórdia e andar humildemente com Deus."

Pois na realidade o profeta é uma pessoa que internaliza o que diz. Antes de dizer alguma coisa aos outros, tem que dizer a si mesmo. Um exemplo: Hofni e Enéias poderiam ser profetas, mas a falta de ética pessoal os incapacitaram para missão.

O profeta tinha que ser integro, assim como foi Samuel, um homem que tinha uma integridade e foi escolhido por Deus, enquanto que os filhos do sacerdote Eli não puderam ser porque eram corruptos.

Ser profeta é viver o que prega! É internalizar a Palavra de Deus em nossas vidas!!

Às vezes ser profeta não é agradável. Pois os profetas eram chamados a obediência assim como o próprio Filho Jesus aprendeu a obedecer (Hb 5:8). O verdadeiro profeta é um homem que cumpre o que prega, que obedece para pedir obediência, que põe a sua vida debaixo das ordens de Deus para ter autoridade de pregar isto ao povo.

O profeta contemporâneo precisa ter escrúpulos, principalmente na área financeira, pois, o que vem escandalizando as igrejas evangélicas de hoje é o dinheiro. Quantos "pastores", "evangelistas", "lideres" que são verdadeiros "picaretas", vem trabalhando em nossas igrejas atrás de dinheiro. Pois ser profeta é temer a Deus, ser integro, e isto é o que tem faltado em nossos dias.

Um forte abraço que Deus nos abençoe!!!

Sonhar


por Thiago Antunes

Sonhar é fazer das adversidades utopia. Pois, todo aquele que sonha não encara os medos e desafios como uma realidade instransponível, mas sim como um trampolim para tornar o seu sonho mais intenso e mais belo.

O homem que sonha não se envergonha das suas limitações e fragilidades, mas as tem como algo bem precioso. Porque sabe que na trajetória da vida somos perseguidos, injuriados, desacreditados, e que ter um grande sonho não o torna impecável.

Tem a certeza de que vale a pena lutar por aquilo que acredita. E de que os nossos sonhos não nascem prontos, mas são construídos. È consciente que se leva tempo e renúncia para tornar o seu ideal algo palpável.

O sonhador não se resigna com os apelos da massa cética, dos invejosos e dos preguiçosos. Ele tem convicção da sua missão e sabe que nem todos vão apoiar sua ambição.

Consegue ver a beleza da criação de Deus em cada mínimo detalhe; na chuva, nas árvores, nos pássaros. Valoriza cada ser humano em sua singularidade, pelo que é não pelo que possui. Pois sabe que o bem mais precioso que o ser humano é sua vida, seus valores, sua história.

Aquele que sonha planta sementes, espalha esperança, prega e encarna o amor. Porque sonhar não é apenas um lugar aonde se chega, mas um modo de viajar. È viver a vida como se cada dia fosse o ultimo, fazendo de cada momento algo mágico.

Sonhar é chegar ao alto do pódio é ter com quem celebrar. È fazer uso da memória do coração que é a gratidão, pois não anda sozinho tem amigos.

Sonhar é amar a Deus e o próximo, porque sem amor tudo e todos se tornam um pesadelo.

Portanto sonhe e não desista, por se mais um que anda na contramão do sistema capitalista e desumano. Que se preocupa apenas com os fins e não com os meios e modo de se chegar ao seu sonho.